Facebook Pixel Fallback

Blog

Fiança Aluguel: saiba como calcular a sua.

Está pensando em alugar um imóvel? Saiba mais sobre Fiança Aluguel nesse post!

A fiança aluguel ou carta fiança surgiu como um fator facilitador na hora de fechar contratos de aluguel de imóveis. O que antes era um processo complicado, burocratizado e que dependia de terceiros, fator decisivo para não realização de algumas negociações, agora é muito mais simples e mais seguro também para o locatário.

Essa forma de garantia aos prejuízos sofridos pelo locador, que passa a ter a segurança de receber os aluguéis e outros encargos não pagos pelo seu inquilino, tem facilitado a vida de muita gente e possibilitado o fechamento de vários negócios imobiliários e se mostrou uma vantagem no mercado.

Quer saber como funciona a fiança aluguel e ter a possibilidade de calcular a sua? Continue lendo e confira todas as informações sobre o assunto.

O que é fiança locatícia

A fiança locatícia ou carta de fiança, é um contrato no qual uma instituição afiançadora passa a assumir a função do fiador. Ele garante ao proprietário o pagamento do aluguel e outros possíveis encargos quando estes não forem pagos pelo inquilino. Isto facilita não só por proporcionar segurança ao locador mas também por dar agilidade na aprovação da proposta de aluguel de quem está interessado no imóvel.

Este tipo de contrato inclusive, tem suas regras estabelecidas por normas e leis específicas, especialmente pela Lei do Inquilinato, que define as garantias de locação. As regras gerais estão na Resolução nº 202, de 2008, do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP). Que define a proibição de um mesmo contrato de locação ter mais de uma fiança desse tipo. A resolução também estabelece que o prazo da fiança locatícia seja o mesmo do contrato de locação. 

Que tipo de contratos de imóveis podem ter fiança locatícia

Este tipo de contrato pode ser realizado para aluguéis de imóveis residenciais e comerciais. Como ele dispensa a necessidade do inquilino buscar fiador, ele proporciona uma maior realização de contratos de aluguel, o que é vantajoso para corretores de imóveis e proprietários. 

Como calcular a sua fiança locatícia

Com tantas facilidades assim pode parecer que é difícil calcular o custo anual da fiança locatícia, mas, na verdade, a conta é bem simples. Este tipo de contrato costuma custar em média 1,2 o valor do aluguel por ano. 

Ele pode variar também de acordo com a análise de crédito feita pela empresa afiançadora. Caso ocorra a falta do pagamento e o inquilino se torne inadimplente por dois aluguéis, a empresa deve ser imediatamente informada. 

A partir disso o proprietário passa a receber os valores pendentes em até 30 dias corridos e continua recebendo o aluguel até que possa existir um acordo entre as partes. O inquilino deve se manter atento aos prazos de pagamento pois este tipo de contrato afiançador não tira a responsabilidade de pagar os dividendos em caso de inadimplência. 

A instituição financeira que garantiu o pagamento do valor referente ao aluguel e seus encargos ao proprietário do imóvel, irá buscar o reembolso do que gastou para cobrir a dívida do inquilino inadimplente. Podendo a cobrança ser, inclusive, em âmbito judicial. 

Qual a renda necessária para ter o cadastro aprovado

Para que o cadastro do seu futuro inquilino seja aprovado para uma fiança aluguel, ele deve ter uma renda mensal comprovada de algo equivalente a três ou quatro vezes o valor do aluguel do imóvel. Este valor costuma ser a base de renda necessária exigida pela empresa afiançadora. 

Também é comum que as empresas aceitem composição de renda de pessoas que venham a morar no imóvel. Ou seja, é possível combinar uma renda familiar ou de amigos que pretendam morar juntos para conseguir este tipo de fiança e garantir a assinatura do contrato do aluguel do imóvel em questão.

Agora que você já sabe como calcular a Fiança Aluguel, entre em contato com nossos corretores para obter uma proposta personalizada!

Maxximus Afiançadora © 2021 - Todos os direitos reservados